belonato
Cabine da Voz
Comportamento

Tiroteio em Escola na cidade de Goiânia-GO! O outro lado da moeda.

Entenda o que faz uma pessoa querer matar professores e colegas no ambiente escolar.

psicologia

psicologiaUma reflexão com profissional

22/10/2017 13h26Atualizado há 2 anos
Por:
947
Preferível ser nada! do que um Nada!! (TRINDADE, 2017)
Preferível ser nada! do que um Nada!! (TRINDADE, 2017)

   Interessante, estava eu a ministrar uma aula de Psicologia Forense  na Faculdade de Ciencias Sociais e Direito do Leste de Minas- Fadileste em Reduto Minas Gerais, quando eu falava aos alunos de Direito do  4º período sobre tais comportamentos onde a pessoa entra em uma escola ou em outros locais armado e dispara tiros contra algumas pessoas ou contra todos. O que me deixou perplexo foi que  no dia seguinte, sexta feira (20 de outubro), ao ligar  a TV para assistir jornal percebo uma intensa movimentação da imprensa para cobrir uma catástrofe que havia acabado de acontecer em um Colégio de classe média alta em Goiânia, onde um adolescente entrou armado com uma arma .40  no colégio Goyases fazendo disparos contra vários estudantes fazendo assim duas vítimas fatais.

  Imediatamente todos querem uma explicação para o ocorrido, alguns até de forma precipitada e errônea classificaram o adolescente como um psicopata, o que é um erro, pois não podemos classificar uma pessoa antes dos 18 anos como um Psicopata devido este ainda estar em processo de formação de personalidade, e vale lembrar ao caro leitor que um Psicopata não se torna ele já nasce Psicopata, o que faz com que seus comportamentos de frieza emocional, falta de empatia e comportamentos crueis não passem despersebidos ao longo de sua vida. (PALOMBA 2003; TRINDADE,2017)

  Como relatei em outra publicação somos seres biopsicossociais, o que quer dizer? que sofremos diariamente influências psicológicas, físicas e sociais, que contribuem para a formação de nossa personalidade, seja de forma positiva ou negativa, o que irá sem dúvida influenciar em nossos comportamentos. Não podemos deixar de lado alguns estudos do Psicólogo Americano Abraham Harold Maslow (1908-1970) que através da Pirâmide das Necessidades Básicas, também conhecida como Pirâmide de Maslow, cita que, nós necessitamos de amor e aceitação no meio o qual vivevos, e  de autoestima para nos sentirmos plenos, ou melhor, auto-realizados, e na falta destas realizações podemos adquirir comportamentos de agressividade dentre outros em nosso dia-a-dia. (LEFRANÇOIS,2008; TRINDADE 2017)

  Mas voltando ao ocorrido em Goiânia no dia 20 de outubro de 2017, podemos dizer que o caso é compatível com o comportamento da Síndrome de Amok, ( meng-âmok) o mesmo comportamento ocorrido em uma escola em Realengo-RJ em 7 de Abril de 2011 deixando 12 mortos, onde na maioria das vezes um adolescente ou jovem adulto de bom comportamento social, introvertido,  e com fácil acesso a armas de destruição vítimas de agressões e abusos psicológicos ( Bullying ou outros) tomam uma atitude impulsiva para acabar com o sofrimento Psicológico sofrido, destruíndo aqueles que lhe oprimem , efetuando ataques armado de forma inesperada contra seus opressores, podendo chegar após o ato a tirar a própria vida  tomado pelo pensamento "Preferível ser nada, do que um nada"!  (TRINDADE 2017)

  Na Síndrome de Amok o adolescente ou jovem tomado por uma fúria não consegue pensar em outra coisa a não ser elimitar o sofrimento psicológico sofrido, não refletindo assim nas consequências que este possa causar . Na Síndrome de Amok o sofrimento diante de agressões psicológicas não ocorrem de um dia para o outro e sim já à um longo período, onde chega um momento em que a vítima se sente totalmente desprotegida e acuada "contra a parede" pelos agressores e opressores, precisando assim tomar alguma atitude, nem que seja  matar estes e se matar (o que não ocorreu em Goiânia devido o menor ter sido abordado) se necessário.

  Segundo o Delegado Luiz Gonzaga Júnior, responsável pelo caso, o adolescente relatou ser vítima de Bullying na escola onde alunos o chamavam de fedorento já por um longo período. Segundo fontes do jornal G1, o adolescente chegou a comentar na escola e em casa sobre  as agressões e humilhações sofridas na Escola , mas não foi levado a sério.

  O Bullying tem sido cada vez mais frequente nas escolas, muitos ignoram por não conhecerem os prejuízos psíquicos que este causa em uma pessoa . O Bullying não pode ser classificado como brincadeira de adolescentes ou jovens, pois quem pratica o bullying não pensa em brincar , mas sim em colocar o outro em uma situação humilhante diante do meio o qual está inserido. Quantos adolescentes precisarão morrer para que a sociedade entenda a gravidade do bullying ? Quando o Psicólogo Escolar será valorizado em nosso país? E quando os pais irão se conscientizar que não é apenas dever da Escola previnir  e conversar sobre o Bullying com seus filhos ?  O que nos resta agora é chorar pelos que se foram,  ajudar o garoto que realizou os disparos e sobreviventes, e tomarmos atitudes  mais sérias no combate a essa violência psicológica que ocore todos os dias bem debaixo do nosso nariz.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Manhuaçu - MG
Atualizado às 03h59
15°
Poucas nuvens Máxima: 26° - Mínima: 12°
15°

Sensação

5 km/h

Vento

82%

Umidade

Fonte: Climatempo
designer grafico para rede social
Municípios
ALFAVIP 3
Últimas notícias
Mais lidas
alfavip
Farmacia