Terça, 26 de março de 201926/3/2019
(33) 98412-3811
Erro ao processar!
Erro ao processar!
BRASIL
Túmulo foi violado e cadáver abusado sexualmente no cemitério central de Londrina
Crime aconteceu durante a madrugada. Polícia investiga.
Moisés de Oliveira MANHUAÇU - MG
Postada em 15/02/2019 ás 14h17 - atualizada em 19/02/2019 ás 11h10
Túmulo foi violado e cadáver abusado sexualmente no cemitério central de Londrina

Segundo as informações, os funcionários identificaram outros túmulos violados, e o cadáver da mulher estava largado em uma das calçadas do cemitério, completamente nu.

LONDRINA – Um túmulo foi violado e um cadáver feminino abusado sexualmente durante a madrugada desta sexta (15) no Cemitério São Pedro, na região central de Londrina. A Polícia Civil abriu inquérito para investigar o caso, denunciado por funcionários da Administração dos Cemitérios e Serviços Funerários de Londrina (Acesf) que chegavam para trabalhar durante a manhã.


Segundo as informações, os funcionários identificaram outros túmulos violados, e o cadáver da mulher estava largado em uma das calçadas do cemitério, completamente nu.


A Guarda Municipal também informou que outro corpo, também de uma mulher, e em adiantado estado de putrefação, foi deixado em um caixão arrombado. O corpo violado, por sua vez, foi levado ao Instituto Médico-Legal (IML) de Londrina, e a família comunicada sobre o caso.


Conforme Leonilso Jaqueta, superintendente da Acesf, a imagem encontrada pelos funcionários do cemitério é chocante. O caso está sendo tratado como necrofilia, e a última vez que uma situação desta aconteceu foi ainda na década de 1998, no cemitério Jardim da Saudade (Zona Norte).


Com informações - 24Horas 

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

imprimir
325