Terça, 26 de março de 201926/3/2019
(33) 98412-3811
Erro ao processar!
Erro ao processar!
RELIGIÃO
Pastor comete suicídio poucas horas depois de participar da Ceia na virada do ano
Um pastor dirigente ligado à Convenção Estadual das Assembleias de Deus no Piauí (Ceadepi), tirou à própria vida em Teresina -Piauí, por volta das 04:30 do dia 01 de janeiro.
Moisés de Oliveira MANHUAÇU - MG
Postada em 03/01/2019 ás 21h28 - atualizada em 04/01/2019 ás 11h35
Pastor comete suicídio poucas horas depois de participar da Ceia na virada do ano

O presbítero, que exercia a função de pastor dirigente, conhecido como pastor Machado (60), participou da Santa Ceia, orou, congratulou-se com os membros da igreja, e já em casa, por volta das 4:30h, foi ao banheiro e tirou a própria vida.

Um pastor dirigente ligado à Convenção Estadual das Assembleias de Deus no Piauí (Ceadepi), tirou à própria vida em Teresina -Piauí, por volta das 04:30 do dia 01 de janeiro.


O presbítero, que exercia a função de pastor dirigente, conhecido como pastor Machado (60), participou da Santa Ceia, orou, congratulou-se com os membros da igreja, e já em casa, por volta das 4:30h, foi ao banheiro e tirou a própria vida.


De acordo com o pastor da Assembleia de Deus Missões em Cocal dos Alves- PI, Odiel Lopes, o pastor Machado pertencia ao Campo do Jardim Europa, liderado pelo pastor Edmilson Cruz.


Segundo o pastor Daniel Fontinelle, presidente da Assembleia de Deus Missões em Barra da Alcantara -PI, o pastor Machado pastoreada igreja há cerca de 30 anos e se encontrava em uma profunda depressão.


''Era um grande homem de Deus, dedicado à obra do Senhor Jesus; pastoreou durante 30 anos igreja aqui no Piauí, mas, de repente, foi acometido por uma depressão profunda. Ele tinha entregado a igreja cerca de um mês atrás para realizar tratamento'', disse o pastor Daniel Fontinelle. 


Alerta


Nos últimos dias, a Psicologa Marisa Lobo fez um duro alerta sobre o numero alto reincidente de suicídios no Brasil envolvendo pastores: “A depressão é como uma dependência química grave, a pessoa quer sair dela mas não consegue, perde o livre arbítrio. Precisamos urgentemente ajudar pastores e líderes que, muitas vezes, ou quase que na totalidade das vezes, não tem com quem desabafar”, destacou a psicóloga.


Quem também fez um alerta sobre o tema, foi o pastor Josué Gonçalves:


“Um acontecimento como esse, serve como um sério alerta para nós pastores repensarmos a forma como estamos cuidando da nossa própria saúde emocional, físico e espiritual”, escreveu Josué Gonçalves em uma rede social.


Esgotamento físico e mental


O esgotamento físico e mental e, ainda, a solidão são apontados como principais causas de uma epidemia silenciosa entre pastores. Altas expectativas e cobranças do meio eclesiástico podem afetar a vida de um líder de igreja. Para a instituição, muitas vezes, um pastor não pode estar estafado; caso esteja isso pode revelar que não tem capacidade para cuidar de sua própria alma ou mesmo que não tem lido a Bíblia suficientemente ou até que vive uma espiritualidade decadente.


– Pastores e líderes precisam de cura da alma. Proponho que haja disciplinas em nossos seminários que possam tratar as mazelas da alma, que não desaparecem com o tempo – sugere o pastor Ângelo Eder, psicólogo clínico, mestre em Educação.


Com informações - JM Notícia 

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

imprimir
223