Quarta, 12 de dezembro de 201812/12/2018
(33) 98412-3811
Muito nublado
18º
18º
25º
Manhuacu - MG
Erro ao processar!
INTERNACIONAL
Cristã Turcomena é novamente interrogada e ameaçada
Polícia questiona relação da idosa cristã, com livros cristãos e reuniões que aconteciam em sua casa
Moisés de Oliveira MANHUAÇU - MG
Postada em 02/12/2018 ás 10h24
Cristã Turcomena é novamente interrogada e ameaçada

Por diversas vezes, Amina foi chamada para depor e abordada de maneira cruel.

Amina* é uma idosa cristã do Turcomenistão que tem enfrentado inúmeros interrogatórios feitos pela polícia secreta. As autoridades questionam os livros cristãos que foram encontrados em sua casa e as reuniões que costumam acontecer no local.


Por diversas vezes, Amina foi chamada para depor e abordada de maneira cruel. Ela respondeu aos policiais que a literatura cristã encontrada em sua casa foi deixada ali por um pastor que se mudou para a Rússia. No que diz respeito às reuniões domésticas, ela relatou que apenas seus parentes vão até sua casa para visitá-la.


Na delegacia, eles a questionaram de forma desrespeitosa e desumana e ameaçaram prendê-la por seguir a Cristo, já que “Amina é proibida de crer em Jesus”. Ainda não há mais informações sobre este caso, mas nossas orações são urgentes. Interceda por Amina, para que Deus a guarde em segurança e dê paz ao seu coração. Ore por sua saúde, pois por causa de sua avançada idade, ela tem sofrido com o estresse dos interrogatórios policiais. Ore também pela segurança desse pequeno grupo cristão que se reúne na casa de Amina, para que não desanime na fé, apesar da crescente perseguição, mas que encontre outras oportunidades de se reunir.


O governo do Turcomenistão é um dos mais restritivos da Ásia Central. Há leis e políticas no país que restringem o registro de igrejas, e controla a produção e disseminação de literatura religiosa. Igrejas não-registradas enfrentam repetidas incursões policiais, ameaças, prisões e multas e cristãos de origem muçulmana são o grupo que enfrenta o maior peso da perseguição, tanto do estado como da família, amigos e comunidade.


*Nome alterado por motivos de segurança.


Com informações - Portas Abertas

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô: