Cabine da Voz
Crime

Juliana Salles é presa sete dias após liberdade provisória

Pastora está detida em delegacia de município em Minas Gerais

15/11/2018 11h20Atualizado há 6 meses
Por: Moisés de Oliveira
292
Pastora foi presa uma semana depois de conseguir a liberdade provisória Foto: Reprodução/YouTube
Pastora foi presa uma semana depois de conseguir a liberdade provisória Foto: Reprodução/YouTube

Uma semana depois de conquistar a liberdade provisória, a pastora Juliana Salles foi presa novamente, nesta quarta-feira (14). Juliana estava presa desde o dia 20 de junho pelo crime que revoltou o Brasil quando seu esposo, o pastor George Alves, agrediu e matou o filho Joaquim, de 3 anos, e o enteado Kauã, de 6. Além de saber o risco que os meninos corriam com o marido dentro de casa, ela responderá por duplo homicídio, duplo estupro de vulnerável e fraude processual.

A pastora foi presa pela Polícia Civil de Teófilo Otoni, em Minas Gerais, sem apresentar resistência. Ela está detida na delegacia do município. O Ministério Público de Linhas recorreu da decisão do juiz André Dadalto, que permitiu a soltura da ré. O novo pedido de prisão foi expedido pela juíza Emília Coutinho Lourenço, substituta de Dadalto, que está de férias.

Juliana Salles foi detida por volta das 15h30 enquanto estava em um estabelecimento comercial na companhia de uma amiga. Na época em que conseguiu a liberdade provisória, Rainy Butkovsky, ex-marido da pastora e pai de Kauã, disse que a Justiça brasileira é uma fábrica de monstros.

Com informações - Pleno News

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Manhuaçu - MG
Atualizado às 14h21
25°
Poucas nuvens Máxima: 29° - Mínima: 15°
26°

Sensação

12.4 km/h

Vento

53.9%

Umidade

Fonte: Climatempo
designer grafico para rede social
Municípios
ALFAVIP 3
Últimas notícias
Mais lidas
alfavip
Anúncio