domingo, 19 de novembro de 201719/11/2017
(33) 98412-3811
SAÚDE
Dia Mundial da Alimentação Saudável: Veja entrevista com Nutricionista Ana Luiza de Manhuaçu
De fato, além da inclusão de todos esses nutrientes na alimentação, manter uma rotina de exercícios e evitar alimentos industrializados são igualmente importantes.
Moisés de Oliveira MANHUAÇU - MG
Postada em 13/10/2017 ás 21h16 - atualizada em 19/10/2017 ás 09h57
Dia Mundial da Alimentação Saudável: Veja entrevista com Nutricionista Ana Luiza de Manhuaçu

Ana Luiza ainda afirma que embora muitos brasileiros estejam tentando mudar seus hábitos alimentares, de acordo com a última Pesquisa de Orçamento Familiar (POF), de 2008 e 2009, a maior parte dos brasileiros tem um consumo baixo de frutas, verduras e leg

A data homenageada em diversas partes do mundo, é comemorada desde 1945, no dia 16 de outubro, sendo implementada para alertar e conscientizar a opinião pública quanto as questões globais, relacionadas à nutrição e à alimentação.


Porém, mesmo com a data estabelecida, muitas pessoas ainda desconhecem os perigos de uma alimentação inadequada. Por isso, uma alimentação saudável é extremamente importante para a manutenção do peso e para diminuição do risco de doenças como: desnutrição, diversos tipos de câncer, anemia, obesidade, diabetes, hipertensão, entre tantas outras.


Em entrevista ao PORTAL ALFAVIP, a nutricionista Ana Luiza Carvalho Silva, comentou sobre a importância da nutrição. “Uma alimentação saudável, balanceada e variada é primordial para que tenhamos uma boa nutrição e nela inclui-se a ingestão diária de nutrientes, de acordo com as necessidades individualizadas. E além deste cuidado, se faz necessário ingerirmos adequadamente os alimentos, pois estes refletem diretamente em nossa vida’’, disse.


Portanto, se tivermos bons hábitos alimentares, nosso corpo responderá com mais saúde, energia e força. “Por essas e outras razões, adquirir uma alimentação saudável requer quantidades certas, sem exageros e também sem exclusões, rotina de horários e alimentos que forneçam ao corpo macronutrientes: proteínas, carboidratos, gorduras e micronutrientes, como as vitaminas e os minerais, e claro, é importante verificar a qualidade dos alimentos para consumir produtos bons e que não façam mal à sua saúde”, salienta.


De fato, além da inclusão de todos esses nutrientes na alimentação, manter uma rotina de exercícios e evitar alimentos industrializados são igualmente importantes. “Uma alimentação inadequada por si só, já pode causar vários problemas de saúde, porém, quando aliada aos maus hábitos, como pouca atividade física, tabagismo, consumo de bebidas alcóolicas e excesso de peso, os prejuízos podem ser ainda maiores’’, enfatiza.


Entretanto, Ana Luiza ainda afirma que embora muitos brasileiros estejam tentando mudar seus hábitos alimentares, de acordo com a última Pesquisa de Orçamento Familiar (POF), de 2008 e 2009, a maior parte dos brasileiros tem um consumo baixo de frutas, verduras e legumes e o consumo exacerbado de produtos industrializados, que são ricos em açúcares, gorduras e sal. E esse excesso em longo prazo, pode levar a complicações ainda maiores – que já são vistas hoje em dia, como a incidência grandiosa de obesidade. A maior parte da população é obesa, dentre outras doenças crônicas não transmissíveis como diabetes, pressão alta e doenças cardiovasculares. Por isso, é de suma importância a conscientização da população, quanto aos hábitos errados, porque a população brasileira, tem uma alimentação com baixo teor nutritivo”, finaliza a nutricionista.


 Portal Alfavip - Danilo Alves - portalalfavip@hotmail.com

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

imprimir
349