Terça, 17 de outubro de 201717/10/2017
(33) 98412-3811
GOSPEL
Grupo de Jovens evangelizam na FADILESTE em Reduto
Na noite desta quarta-feira, 04, os jovens reuniram em uma sala, que é destinada para culto, e fizeram um momento de edificação bíblica, louvor e comunhão.
Moisés de Oliveira MANHUAÇU - MG
Postada em 04/10/2017 ás 23h42 - atualizada em 11/10/2017 ás 11h35
Grupo de Jovens evangelizam na FADILESTE em Reduto

O principal objetivo deste trabalho é evangelizar os universitários, levando a eles uma palavra de esperança, paz e salvadora. (foto/Divulgação)

Dados do Ministério da Educação e Cultura (MEC) mostram que no Brasil há quase seis milhões de estudantes universitários. E parte desses jovens já foi evangelizada, graças ao trabalho de movimentos evangelísticos, como o do grupo de jovens da FADILESTE - Faculdade de Direito e Ciências Sociais do Leste de Minas.


Na noite desta quarta-feira, 04, os jovens reuniram em uma sala, que é destinada para culto, e fizeram um momento de edificação bíblica, louvor e comunhão. Na oportunidade foi servido aos participantes do culto, refrigerante e bolo.


O principal objetivo deste trabalho é evangelizar os universitários, levando a eles uma palavra de esperança, paz e salvadora.


O evangelismo universitário é pouco explorado pelas igrejas evangélicas do Brasil. Isso vem de uma cultura equivocada ao estudo de nível superior, baseado no pensamento de que ao ingressar na faculdade o jovem cristão irá abandonar a sua fé.


Por que investir em evangelismo universitário?


Não há números concretos sobre evangelismo universitário, mas um resultado apresentado por uma pesquisa americana preocupa os cristãos.


O Instituto Consulting for Colleges and Ministries apontou que apenas 40% dos jovens continuam na igreja depois da formatura, e somente 16% dos calouros da faculdade se sentem bem preparados pelos ministérios de jovens para continuarem na igreja depois do período escolar.


A pesquisa constatou ainda que muitos cristãos universitários estão armazenando suas crenças e práticas religiosas em um cofre de identidade particular. Na época, a pesquisa também foi aplicada dentro das universidades brasileiras e o resultado foi basicamente o mesmo.


Portal Alfavip – Moisés de Oliveira – portalalfavip@hotmail.com

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

imprimir
126